Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Edital | Novos formatos e linguagens para o jornalismo de causas

Edital | Novos formatos e linguagens para o jornalismo de causas

Edital | Novos formatos e linguagens para o jornalismo de causas

2 de abril de 2024 | por

Costuma-se dizer que o jornalismo perde credibilidade e está em crise o seu modelo de negócio. Mas de que jornalismo estamos falando quando generalizamos os problemas enfrentados pela mídia corporativa?  

Há também um jornalismo em ascensão por todo o país, especialmente nas periferias das grandes e médias cidades, no campo e nas florestas, que tem colocado em xeque alguns dos paradigmas que costumavam legitimar a profissão. A começar pelo mito da imparcialidade.  

Estamos falando de um jornalismo posicionado, comprometido com a agenda antirracista, por justiça social e uma democracia de fato participativa. 

Temos por referência o trabalho do professor Dennis de Oliveira que desenvolve a ideia do jornalismo como ação cultural emancipatória a partir das lições de Paulo Freire para uma prática pedagógica libertadora. 

Um jornalismo que, sem abrir mão da apuração rigorosa dos fatos, busca novos formatos e linguagens para se comunicar mais efetiva e afetivamente com seu público.  

Seja na batida do hip hop, no traço do grafite e dos quadrinhos, no movimento ligeiro do audiovisual periférico, na rádio poste ou no lambe. Nas redes e nas ruas.

É com o espírito de promover essa mistura entre jornalismo, comunicação e cultura que o Instituto FALA! lança o Primeiro Edital FALA!. 

Anunciado no encerramento do FALA! – Festival de Comunicação, Culturas e Jornalismo de Causas em agosto de 2022, em Salvador, o edital vai apoiar coletivos da capital baiana e região metropolitana que apostam nessa perspectiva de troca. 

EDITAL FALA!

Regulamento da seleção de bolsas para a produção de reportagens que abordem as agendas de justiça social e da democracia nos territórios periféricos a partir de experiências de novos formatos e linguagens nas áreas de jornalismo, comunicação e cultura.

ORGANIZADOR

O Instituto Fala é uma entidade da sociedade civil sem fins lucrativos centrada no debate sobre o jornalismo de causas e seu papel na sociedade brasileira, a partir da perspectiva popular e da interseccionalidade entre jornalismo, comunicação e cultura. 

Foi fundado e é gerido por quatro grupos de mídia independente de referência no Brasil: Alma Preta, Marco Zero Conteúdo, Ponte Jornalismo e 1 Papo Reto. 

O Instituto é idealizador e realizador do FALA! – Festival de Comunicação, Culturas e Jornalismo de Causas que, em 2023, terá sua quarta edição, desta vez na cidade de Recife. As duas primeiras, em 2020 e 2021, aconteceram de forma remota na plataforma digital do Sesc São Paulo. A terceira foi realizada presencialmente em Salvador, na Bahia.

TEMA

Jornalismo, comunicação e cultura nos territórios: novos formatos como meio de transformação social.

Objetivo geral:  Promover e reverberar novas agendas, formas e linguagens da comunicação, da cultura e do jornalismo de causas.

Objetivos específicos: 

  • Dar protagonismo a vozes e corpos marginalizados na produção e disseminação de conteúdos produzidos a partir das periferias.
  • Desenvolver a interseccionalidade entre jornalismo, comunicação, linguagem e culturas periféricas.
  • Estimular novos olhares e perspectivas estéticas na produção de conteúdo para a incidência política.

OBJETO 

Serão oferecidas quatro bolsas de 6 mil reais cada uma para a produção de reportagens online sobre novos formatos – de jornalismo, comunicação e cultura – e experiências de transformação social nos territórios periféricos. 

A inovação de formatos deve estar tanto na forma de apresentação da reportagem – portanto na forma escolhida para contar a história – quanto na própria pauta, que precisa visibilizar experiências e iniciativas que buscam a incidência política e cultural nos territórios a partir de novas linguagens. 

INSCRIÇÕES 

Estarão aptos a concorrer às bolsas os coletivos de jornalismo, comunicação e/ou cultura que atuem nos territórios periféricos da Grande Salvador. 

Os coletivos precisam ter mais de 1 ano de formação e estarem ativos em suas redes.

Não é necessário que os coletivos estejam formalizados como Pessoa Jurídica.

Os coletivos precisam estar sintonizados com os valores do Instituto FALA! de promoção dos direitos humanos, da democracia e da justiça social, comprometidos com uma agenda de comunicação antirracista, anti-transfóbica, diversa, plural e de tolerância religiosa.

A inscrição será realizada por meio do preenchimento de formulário eletrônico disponibilizado no site do Instituto FALA!.

Nele, será necessário fornecer as seguintes informações:

  • Identificação do coletivo e de pelo menos 1 (um) responsável com contatos.
  • Breve histórico de formação e atuação do coletivo.
  • Endereço de site (se tiver) e redes sociais do coletivo.
  • Proposta de pauta da reportagem online: com tema, relevância, contexto, abordagem, possíveis fontes; e informações/dados mais importantes.
  • Plano de trabalho com cronograma de atividades e breve descrição de pessoas envolvidas no processo de apuração, desenvolvimento e edição do material.
  • Proposta de apresentação de formato offline da reportagem.

SELEÇÃO

A escolha das propostas será realizada por banca de avaliação composta por 1 integrante de cada uma das organizações fundadoras do Instituto FALA! e mais duas pessoas de outras instituições parceiras convidadas.

Serão levados em conta os seguintes aspectos:

  • Cumprimento das exigências do edital.
  • Perfil de diversidade do coletivo.
  • Relevância do tema central abordado na pauta.
  • Qualidade e abrangência da pauta apresentada.
  • Exequibilidade da proposta de pauta e cronograma.
  • Qualidade e criatividade dos formatos das proposta de apresentação online e offline da reportagem.

CRONOGRAMA 

As inscrições para a seleção das bolsas poderão ser realizadas entre 17 de março e 17 de abril.

O resultado da seleção será divulgado no dia 02 de maio.

Haverá dois encontros de mentoria e apoio realizados por integrantes do Instituto com cada um dos coletivos selecionados. O primeiro na primeira semana seguinte ao anúncio do resultado para troca de ideias de enquadramento do tema e de produção da reportagem. E o segundo, no último mês antes da entrega, para discussão da finalização e edição do material.

As reportagens devem ser finalizadas e entregues até 25 de julho.

PUBLICAÇÃO 

Os conteúdos das reportagens online produzidos pelos coletivos selecionados serão publicados no site do Instituto FALA! e divulgados nas redes do Instituto (em colab com cada um dos coletivos selecionados), bem como nos portais das quatro organizações fundadoras e suas respectivas redes sociais.  

As reportagens serão expostas ao público da quarta edição do FALA! – Festival de Comunicação, Culturas e Jornalismo de Causas a ser realizado na segunda quinzena de setembro na cidade de Recife, em Pernambuco. 

O Instituto arcará com passagem e hospedagem para 1 integrante de cada coletivo para acompanhar a exposição das reportagens e os debates do Festival FALA! no Recife.

Quaisquer dúvidas ou esclarecimentos sobre esse edital deve se encaminhados para o e-mail: [email protected]

Artigos relacionados

Editorias

Edital

Regulamento do Edital FALA! 2024 para coletivos de Pernambuco

Regulamento da seleção de bolsas para a produção de reportagens que abordem as agendas de justiça climática, justiça social e da democracia nos territórios periféricos a partir de experiências de novos formatos e linguagens nas áreas de jornalismo, comunicação e cultura.

Os organizadores do Festival FALA! Antônio Junião, Rosenildo Ferreira, Elaine Silva, Laércio Portela e Pedro Borges no encerramento da quarta edição | Créditos: Vinicius Martins / Alma Preta Jornalismo
Oportunidade

Instituto FALA! anuncia abertura de edital para coletivos de Pernambuco, no encerramento de seu festival de comunicação, culturas e jornalismo de causas.

Pernambuco, setembro de 2023 – Nos dias 21, 22 e 23 de setembro aconteceu no Recife, no Centro Cultural Cais do Sertão, a quarta edição do FALA! – Festival de Comunicação, Culturas e Jornalismo de Causas. O evento debateu o futuro do jornalismo e seu papel na sociedade brasileira a partir da perspectiva popular, e colocou em discussão as diferentes linguagens do cotidiano, como slam, cordel, literatura, teatro, música, modos off-line (carros de som).